segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Day After

Foto: Luís Ferreira

Falta futuro à gestão e, sobretudo, à comunicação da crise. Inconsistentemente, atiram-nos com os “porquês” das fortes medidas de austeridade, escasseando, porém, os “para quê” e os “como”. Para estar disponível para a mudança, preciso saber melhor o caminho e com que cores se pinta o dia seguinte.

Neste particular, mais parecem aqueles – governo, líderes de opinião e mass media – apostados em comunicar a desgraça do que os que deveras promovem a construção de um caminho alternativo. Em 37 anos de democracia, criámos bombeiros e alguns gestores; fomos incapazes de gerar estadistas – de largas vistas e brilho de futuro.

Luís Ferreira, Exertus – Consultores

Publicado no Jornal Metro em 30-Set-2011

1 comentário:

jopal disse...

Bom dia,
Outra coisa que se criou nestes 37 anos foi comentadores a dizer "que está mal"...mas ninguém diz como "curar" o doente. O que está mal é o sistema em que viviemos...este sistema faliu, está caduco como tantos outros.
O qaue está mal resume-se a uma equação:
ERRO DE MARX + ERRO DE KEYNES = EQUIVOCO
Há quem rtesolva esta equação?

Jolupa